03 Abril 2013Acessos: 3130

As 10 Travessias Mais Difíceis de Minas Gerais

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)

As Travessias, caminhadas a pé entre duas cidades ou vilarejos, são consideradas difíceis não só por sua distância, mas também, por outros fatores como; Quantidade de horas necessárias para se percorrer o trecho, se há trilhas bem demarcadas pelo caminho, desnível de altitude durante o trekking, se existe água durante o caminho, se há necessidade de carregar barraca e suprimentos, clima do lugar (existem pernadas em temperaturas bem baixas), se durante o percurso é necessário praticar escalaminhada entre outros.

Caminhada Mineira lista abaixo as dez travessias mais difíceis de Minas Gerais, estado com um dos principais potenciais ecoturísticos do Brasil.

1. Serra Fina - Vários aspectos fazem desta, a travessia mais difício de Minas, dentre elas citamos, a falta de água no percurso, a altitude e temperaturas baixas, a trilha fechada e a distância percorrida.

2. Serra do Cabral - Além dos mais de 40Km, percorridos em 2 dias, a dificuldade desse trekking está nas altas temperaturas registradas na região.

3. Milho Verde ao Parque do Rio Preto - 65Km percorridos em 3 dias com trilhas pouco demarcadas. 

4. Pico da Bandeira, MG ao ES - Travessia de mais de 20Km percorridos em um dia em temperaturas baixas e grandes desníveis.

5. Duas Pontes a Cabeça de Boi - 30Km percorridos em 2 dias, com grandes descidas que forçam os joelhos.

6. Lapinha a Tabuleiro - Travessia de aproximadamente 30Km percorridos em 2 dias com trilhas pouco demarcadas e grandes desníveis.

7. Serra do Talhado - Caminhada de aproximadamente 28Km percorridos em 2 dias com trilhas pouco demarcadas.

8. Inhames a Fechados - Mais de 27Km percorridos em 2 dias com trilhas pouco demarcadas.

9. Prados a Tiradentes - 16Km percorridos em um dia com trilhas pouco demarcadas e grandes desníveis.

10. Altamira a São José da Serra - Aproximadamente 30Km percorridos em 2 dias.

Adicionar Comentário